Museus deMoura

Museu do Azeite - Lagar de Varas

Detendo a classificação de “Imóvel de Interesse Público”, o Lagar de Varas do Fojo, como é denominado, evolui do sistema romano de produção de azeite. O registo do imóvel data de 1810, e teve um período de funcionamento activo até 1941. Este lagar é o testemunho fiel do fabrico do azeite sem recurso a máquinas, mantendo toda a tradicionalidade, em que a única moda propulsora era a força animal. A sua autenticidade e o seu estado de conservação faz com que o Lagar de Varas do Fojo seja um exemplar raro na Península Ibérica.

Consciente da necessidade de preservar essa realidade e no âmbito de uma velha tradição, a Câmara Municipal de Moura, depois do restauro promovido pelo Instituto Português do Património Arquitectónico, tornou-o acessível ao público, o que vai permitir ás gerações vindouras conhecer as antigas técnicas de produção de azeite, assim como salvaguardar a própria identidade sócio-cultural. Só divulgando e visitando este património podemos perpetuar uma herança que é de todos.