Museus deMoura

Museu Municipal

Data de 1884 a primeira tentativa de criar um museu em Moura, altura em que um grupo de mourenses recolhe espólio arqueológico significativo, e manifesta vontade de o preservar e expor ao público.

Somente em 1915 esta intenção se revelou frutífera, concretizando a ambição daqueles e de outros mourenses, e é instituída a Biblioteca-museu, que dispunha das secções de: pré-história, época romana e etnografia portuguesa.

Este desejo de conservar num espaço visitável os achados arqueológicos do Concelho, foi ao longo dos anos instigado por pessoas como o Dr. Fragoso de Lima ou o Sr. João da Mouca, estudiosos da história local, e fervorosos “recolectores” de peças que engrandeciam cada vez mais a coleccção já existente.

Em 1993, a Câmara Municipal de Moura considera que a colecção de cariz eminentemente arqueológica que possui é de relevante importância, e que por tal merece um espaço próprio. Nesse mesmo ano, o museu deixa de partilhar o espaço da Biblioteca Municipal, e é transferido para um edifício conhecido como a “casa do rato”, antigo celeiro comum. Trata-se de uma exposição permanente, onde poderá ser apreciada uma grande variedade de materiais arqueológicos.